09.06.2017 • Decoração

4 cuidados para decorar sua primeira casa

Casa ou apartamento, alugado ou próprio, divido ou não, o primeiro imóvel a gente nunca esquece! Sair da casa dos pais para cuidar do próprio nariz, pagar contas e ter responsabilidades como lavar roupa e limpar a casa é uma experiência única na vida de todo mundo e precisa ser marcante, não é mesmo?

Na hora de decorar a primeira casa, é importante que você leve em conta uma série de fatores, desde os móveis e objetos que você quer levar da casa de seus pais até o espaço que terá disponível na casa nova.

A primeira casa tem que ter a sua cara (e de quem mais for morar nela) e, para isso, deve-se levar em conta algumas coisas para não errar a mão. Vem com a gente que vamos te ajudar nessa missão!

1. Antes de começar, pesquise

O primeiro passo antes de definir a decoração da sua primeira casa precisa ser a pesquisa. Revistas de decoração, blogs e sites especializados como o Pinterest podem trazer não apenas inspirações de cores e estilos, como soluções de decoração ou organização que se encaixarão como uma luva nas suas necessidades.

Não tenha preguiça! Mergulhe de cabeça na busca por referências e crie pastas no seu computador para cada cômodo. Quanto mais ideias, melhor! Vale, por exemplo, passear por lojas de móveis e decoração e fotografar os ambientes de que mais gostar. Eles também servirão de inspiração para a decoração da sua primeira casa.

2. Dê personalidade ao ambiente

O próximo passo é fazer uma lista com tudo que você já tem e gostaria de levar para a sua casa nova. Sabe aquele criado-mudo que a sua avó te deu quando você era pequena? Pode ser que ele não combine com a sua primeira casa ou então, justamente por carregar essa história familiar, ele precise estar lá.

Quem vai definir isso é você. Mas vale analisar com calma os itens de decoração mais queridos, para ver quais realmente valerão a pena levar, se eles combinam entre si e, principalmente, se têm a ver com as referências que você está selecionando para cada ambiente. Utensílios domésticos, móveis e objetos pessoais que você já tem também devem entrar nessa lista.

3. Aproveite bem o espaço

Depois da pesquisa inicial e de definir o que você vai levar, é hora de preencher os espaços vazios da casa nova com móveis que ocupem da melhor forma possível o ambiente. Se você puder investir, pode ser que valha a pena encomendar móveis planejados, por exemplo. Ou então, dependendo do tamanho dos cômodos, comprar em brechós aqueles móveis antigos maiores não será um problema.

O importante é que você tenha noção do espaço que tem e compre móveis que sejam proporcionais a ele. Não tem coisa mais frustrante que comprar um sofá que não passa na porta da sala, por exemplo. Então, se precisar, chame familiares ou amigos para te ajudar a escolher e sempre meça tudo antes de comprar. Vale, inclusive, contratar um arquiteto ou decorador para dar opinião profissional sobre o assunto.

4. Abuse da criatividade para decorar sua primeira casa

Dê a sua cara ao espaço e não se prenda ao tradicional. Hoje em dia, existem uma série de projetos do tipo Faça Você Mesmo (do inglês Do It Yourself, ou DIY) que te inspiram a pensar fora da caixinha e criar objetos únicos e cheios de personalidade para a sua casa. E o melhor: saem super em conta.

Que tal fazer um sofá de tijolos, um criado-mudo de caixote, banquinhos bicolores ou um vasinho de gaveta antiga? As possibilidades são infinitas, basta pesquisar.

Gostou dessas dicas de como decorar sua primeira casa? Então não deixe de nos seguir nas redes sociais e acompanhar todas as nossas novidades. Sempre temos dicas especiais por lá!

Deixe seu comentário!