16.03.2017 • Decoração

5 dicas para ter um ambiente mais agradável através da iluminação

Um bom projeto de iluminação, além de seu aspecto funcional, pode tornar um ambiente mais agradável e ainda destacar detalhes da arquitetura ou da decoração.

Mas, para isso, alguns cuidados devem ser tomados para que todas as necessidades sejam atendidas. Um canto bem iluminado no quarto para leitura, mas, ao mesmo tempo, uma luz que ajude a relaxar. Ou uma iluminação na sala que não ofusque a TV, mas que seja suficiente para reunir amigos para uma boa conversa. Esses são alguns desafios do projeto de iluminação!

Confira as 5 dicas que separamos para que sua casa fique bem iluminada e aconchegante.

1. Escolha a temperatura de cor correta

Existem no mercado lâmpadas com dois tipos de temperatura de cor. As mais quentes, com um tom alaranjado, são perfeitas para conferir sensação de aconchego a um ambiente.

Já as lâmpadas de temperatura fria, com um tom mais azulado, vão bem em ambientes que necessitam de mais iluminação, como o canto da maquiagem, a mesa do escritório ou o balcão de preparo na cozinha.

Escolher a temperatura de cor correta é fundamental para deixar um espaço mais agradável. A falta ou o excesso de luz podem causar uma sensação de incômodo nas pessoas.

2. Planeje espaços dentro de cada ambiente

A iluminação pode criar espaços dentro de um mesmo ambiente. A sala, por exemplo, é o local onde a família descansa, lê um livro, assiste a um filme e ainda recebe amigos.

Nesse caso, o teto rebaixado em gesso com lâmpadas embutidas pode ser uma excelente solução. Ele possibilita o direcionamento da luz conforme a necessidade. Aproveite para destacar objetos de decoração, como quadros.

No quarto, você pode conseguir esse efeito com uma iluminação aconchegante mais central e uma boa luminária ao lado da cama para leitura. E não se esqueça de iluminar muito bem o closet!

3. Abuse da iluminação indireta

A iluminação indireta sempre deixa o ambiente mais agradável. Uma luminária de chão ao lado da poltrona ou arandelas perto da TV vão conferir muito charme ao espaço.

E essas luminárias também podem ser funcionais. No escritório, por exemplo, o foco de luz costuma atrapalhar quem está trabalhando no computador, ou fazer sombra sobre um relatório que está sendo lido, prejudicando, até mesmo, a produtividade. Uma boa alternativa, nesses casos, é uma luminária de mesa.

Os lustres com lâmpadas voltadas para cima vão muito bem sobre a mesa de jantar. Mas atenção: a luz desses pendentes deve estar direcionada para um teto branco, que vai refletir, garantindo a boa iluminação do ambiente.

E, para um jantar especial, que tal apagar as luzes e apostar em candelabros e castiçais para um clima mais romântico?

4. Valorize a iluminação natural

Nada pode deixar um ambiente mais agradável do que a iluminação natural. Durante o dia, aproveite toda a sensação de bem-estar que ela produz.

Mas esse tipo de iluminação também precisa de planejamento. Ela não pode atrapalhar quem está sentado no sofá, por exemplo. Leve isso em conta quando for pensar na disposição dos móveis.

Também faça testes de sombra e luz. Você poderá conseguir efeitos muito interessantes com a cortina certa. Se a intensidade de luz for muito grande, utilize persianas nas janelas.

5. Não se esqueça da área externa

Pode ser um jardim, uma piscina ou até uma varanda de apartamento. O importante é que essa área, geralmente dedicada à diversão e ao encontro, tenha a iluminação correta.

No caso de jardins e piscinas, abuse dos efeitos. Vale, inclusive, apostar em lâmpadas coloridas. Um verde-escuro vai ajudar a destacar uma planta, por exemplo.

No espaço gourmet ou na varanda, use iluminação indireta. As tochas e lamparinas vão muito bem nesses ambientes.

E você, tem alguma dica de iluminação para deixar um ambiente mais agradável? Deixe seu comentário no post!

Deixe seu comentário!