02.12.2016 • Decoração

Cortina de cozinha: descubra como usar!

Cortina de cozinha é um item que muita gente acha antigo e até mesmo brega. Mas saiba que esse item, atualmente, é moderno, versátil e deixa o ambiente mais aconchegante, bonito e sofisticado. A proposta dos decoradores é que os moradores deixem as velhas crenças de lado e apostem nesse, que pode ser o toque final na decoração da sua cozinha.

Veja a seguir algumas dicas de como usar o acessório!

Quais são os tipos de cortina para usar na cozinha?

Há, basicamente, seis tipos de cortina para cozinha, que combinam com diferentes tamanhos e estilos de decoração. Confira quais são:

  • Varão: um dos modelos mais tradicionais e práticos. Confere modernidade ao ambiente, além de favorecer uma abertura e fechamento fáceis da cortina para regular a entrada da luz. É possível usar varão em madeira ou metal.
  • Trilho: para um efeito elegante e sofisticado, pois geralmente é embutido em sancas de gesso, o que permite um acabamento perfeito.
  • Persiana: estão entre as favoritas para a cozinha, pois são práticas e fáceis para limpar, além de favorecerem a ventilação.
  • Rolô: outro estilo bastante prático. Formado por apenas um tecido plano, sem nenhum tipo de dobra, permite boa entrada de iluminação natural e é muito fácil de limpar.
  • Painel: é um modelo que desliza com facilidade para os lados e, geralmente, são cortinas mais longas, formando um verdadeiro painel da cozinha.
  • Romana: um modelo com muito charme e elegância. Sua principal característica são as linhas horizontais, que formam gomos quando a cortina é fechada.

O que levar em consideração ao escolher a cortina de cozinha?

Já que a cozinha é um local para preparar as delícias culinárias, ou seja, é basicamente um ambiente para trabalho, é preciso levar em consideração a praticidade e o quanto é funcional a peça. Por exemplo, para permitir que a luminosidade natural entre ou então impedir o excesso de sol.

Além disso, a cortina deve ter um manuseio fácil para abrir e fechar e também para limpar. Fora isso, deve favorecer a segurança, privacidade e beleza do local.

Como escolher uma que combina com a decoração da cozinha?

Cada cozinha tem um estilo de decoração, e para cada um deles haverá uma cortina que formará o casamento perfeito. O primeiro passo para chegar à harmonia é escolher um tema que combine com o ambiente. Por exemplo, se todo o décor foi feito em estilo moderno, a cortina deverá seguir a mesma tendência, tecidos com traços e desenhos geométricos casam muito bem com a proposta. A dica fundamental é evitar misturar linguagens. Uma decoração no estilo rústico não combina com esse exemplo moderno que sugerimos.

Com relação ao comprimento, se a ideia é deixar um ambiente mais despojado, opte por cortinas mais curtas. Já as mais longas são ideais quando a janela está perto da sala de jantar, elas contribuem para gerar mais privacidade para o cômodo.

Outro ponto importante é com relação às cores. Prefira tons que contrastem com aqueles usados nas paredes, cores sólidas e vibrantes trazem alegria ao ambiente. Já as cores neutras são garantia de elegância e sofisticação. Mas se a ideia é usar estampas, saiba que elas geram um clima interiorano e aconchegante, porém evite instalar cortinas desse estilo em paredes muito coloridas.

Por fim, o tecido deve ser escolhido de acordo com a necessidade dos moradores. Se o intuito é bloquear a entrada do sol, os tecidos mais grossos cumprem a missão, porém fazem com que a cozinha pareça menor de tamanho. Já os tecidos leves são mais fáceis para limpar e permitem boa passagem de iluminação natural.

A dica fundamental é escolher um tecido que favoreça boa iluminação, ventilação e que seja prático no dia a dia.

E agora, já se convenceu que cortina de cozinha é algo realmente bonito e útil? Aproveite para compartilhar esse post nas redes sociais e divida a informação com os seus amigos!

Deixe seu comentário!