15.09.2017 • Inspirações

6 estilos de cerveja que você precisa experimentar

Se você é o tipo de pessoa que gosta de experimentar coisas novas, então vai adorar saber que isso pode se expandir e chegar ao universo das cervejas. É isso mesmo: por mais que sejamos muito acostumados ao modelo Pilsen, existem muitas outras opções disponíveis no mercado hoje. 

Caso você tenha ficado curioso e queira ir além da loira gelada, estão está no lugar certo. Veja aqui alguns estilos de cerveja que você não pode deixar de provar. Essa é uma ótima maneira de experimentar novos sabores e se apaixonar com alguns deles. Vamos lá?

1. Indian Pale Ale (IPA)

Essa cerveja começou a ser produzida pelo Exército Britânico na Índia, há muitos anos. Como precisava aguentar uma longa viagem antes de ser degustada, ela precisa ser muito lupulada, pois assim ficava mais fácil conservar. Por conta disso, seu gosto é mais amargo e forte.

Seu sabor é frutado e ela tem um teor alcoólico considerado médio, pois gira em torno de 5%. No Brasil, pode-se explorar a Falke e a Estrada Real.

2. Estilo ALE

Essa família de cervejas conta com uma grande quantidade de tipos variados. Ainda assim, todas elas têm uma característica comum: a alta fermentação (que normalmente acontece entre 15 e 25º C).

As cervejas desse tipo costumam ter aroma e sabor frutado. Como passam por um processo mais elaborado, é natural que ela seja mais complexa, maltada e encorpada. Um exemplo é a English Pale Ale. Essa família é típica da Inglaterra e suas cervejas são mais claras e têm menos colarinho (justamente por serem mais amargas).

Outro exemplo é a Porter, um nome que faz referência aos trabalhadores portuários que misturavam a cerveja Ale com outras para ficarem mais fortes e escuras. No Brasil, pode-se explorar Opa Bier Porter e ainda temos a importada Anchor Porter.

3. Weiss

A Weiss, ou Weisen, é a famosa cerveja de trigo de estilo alemão. Ela chegou com forma máxima ao Brasil e arrebatou o coração de muitas pessoas.

Elas são feitas com (no mínimo) 50% de grãos de trigo maltado  e sem nenhum tipo de tempero. Esse detalhe faz uma diferença e tanta, principalmente quando a cerveja não é filtrada, pois garante um sabor frutado e costuma deixar a boca com notas de banana e cravo.

4. Cervejas Apa

A cerveja Apa também tem um perfil mais amargo, mas pode ser uma ótima oportunidade para quem quer conhecer o mundo do lúpulo. O estilo oferece aromas cítricos, com um corpo médio e uma mistura de amargo e doce. Ela é fácil de beber e costuma ser um verdadeiro sucesso.

5. Malzbier

Essa cerveja é um ótimo exemplo de cerveja Lager, mais um dos estilos de cerveja existentes. Ela é escura e doce, um ponto que costuma agradar muito  principalmente quem gosta de cozinhar. Além disso, sua graduação alcoólica é baixa e quase não tem fermentação.

6. Lambics

As lambics são outro estilo famoso de cerveja, mas ainda muito atípicas no Brasil. Isso porque seu processo é demorado e isso interfere muito no custo. Como seu princípio visa promover uma fermentação espontânea, ela costuma demorar dias para ser feita.

Normalmente, elas são feitas de trigo, mas sem leveduras. Com isso, a única forma de fermentar é esperar que isso aconteça naturalmente por microrganismos típicos do interior de Bruxelas.

Depois de conhecer um pouco mais sobre os principais estilos de cervejas, não deixe aproveitar para degustar cada uma delas. Você vai se surpreender com os mais diversos sabores. E você, tem outros amigos cervejeiros também? Então compartilhe essa postagem nas redes sociais e marque cada um deles! 

Deixe seu comentário!