08.03.2018 • Mesa Posta

Regras de etiqueta à mesa: o que eu preciso saber?

As regras de etiqueta à mesa, ao contrário do que muitos pensam, não são uma prática que surgiu na Idade Média ou na Europa. Na verdade, já era algo comum no Antigo Egito, durante o tempo dos faraós, para distinguir as castas sociais, como sacerdotes, escribas, ministros e afins durante celebrações ou rituais com comida.

Porém, sem dúvidas, foi na França que esse hábito ganhou o nome pelo qual conhecemos hoje e de onde se popularizou para outros países europeus. Devido a isso, ao longo dos séculos, as pessoas foram aprendendo como se portar de maneira não apenas mais civilizada na hora de comer, mas também mais refinada, educada e sutil.

Todavia, como são muitas normas, há quem se confunda e acabe receoso com medo de cometer alguma gafe. Por isso, reunimos algumas das principais regras de etiqueta à mesa para você ter sempre em mente e mostrar que sabe tudo de boas maneiras. Acompanhe!

Use os talheres de fora para dentro

Em jantares para os amigos, reuniões de negócios ou celebrações de festividades, é comum que seja servido um menu completo com entrada, prato principal e sobremesa. Por conta disso, você vai se deparar com diversos talheres ao redor dos pratos.

Nessas situações, não se desespere por não saber em qual ordem usá-los! Basta lembrar que o correto é sempre começar a utilizá-los de fora para dentro. Simples e fácil, não é mesmo?

Evite gesticular com os talheres em mãos

Outra regra de etiqueta à mesa é não gesticular enquanto tem os talheres em mãos, em especial a faca e o garfo. O motivo é simples: além de atrair demasiadamente a atenção das demais visitas, você corre o risco de machucar as pessoas sentadas ao seu lado caso esbarre nelas sem querer enquanto movimenta os braços.

E se tem algo que ninguém quer é um acidente justamente nesse momento de confraternização e apreciação de uma boa refeição.

Não apoie os cotovelos sobre a mesa

Apoiar os cotovelos sobre a mesa também é algo que deve ser evitado, pois é considerado um ato rude e de descaso com a comida, com o anfitrião e com as pessoas ao seu redor.

Sem mencionar que ao fazer isso você tende a se debruçar sobre a mesa e, com isso, atrapalhar os outros, uma vez que limita o espaço para que elas possam se movimentar, pegar talheres, pratos, copos, taças ou mesmo se servir. Por isso, caso queira repousar os braços, o indicado é que eles fiquem sobre suas pernas, certo?

Coloque o guardanapo de tecido no colo

Ao sentar-se para comer e abrir o guardanapo de tecido — que, certamente, estará enrolado ou dobrado —, é importante que você o mantenha sempre no seu colo. Nunca o deixe solto sobre a mesa ou, pior ainda, preso à sua camisa como se fosse um babador!

Lembre-se que essa peça é usada apenas por bebês justamente pelo fato de eles estarem desenvolvendo a coordenação motora e terem maior probabilidade de se sujar.

Nunca encha muito o prato

Por último, não encha muito o prato, especialmente ao ponto de transbordar e derramar — o que pode acontecer em caso de sopas, por exemplo. Quando são os próprios convidados que se servem, é de bom tom colocar porções adequadas ao tamanho dele, haja vista que o oposto passa uma imagem de alguém descontrolado e, inclusive, faminto.

Se desejar, você pode repetir a refeição. Não há problema algum! Apenas é preciso estar atento aos excessos para não chamar a atenção pelo motivo errado.

Como você viu, as regras de etiqueta à mesa — que são fundamentais para ajudá-lo a ter uma postura e um comportamento mais refinado e educado — são mais simples do que parecem. Por isso, não deixe de segui-las! E nunca se esqueça: ao viajar para outros países, procure saber sobre as regras locais. Afinal, elas mudam conforme a nação e as respectivas culturas e tradições dela!

Se você estiver planejando receber convidados em casa, aproveite para conferir os utensílios que não podem faltar na sua mesa para uma recepção memorável!

Deixe seu comentário!